Keymaster

Galera as férias estão quase chegando e temos recebido um monte de e-mail relatando as venturas e desventuras de brasileiros e brasileiras tentando tirar o visto americano.

Visto EUA

Se você já passou por essa experiência ou esta se programando para passar conte sua experiência (boa ou ruim ) para conseguir tirar o visto ou mesmo tê-lo negado.

  • Quais suas dicas?
  • Que roupas usar?
  • O que declarar na entrevista?
  • O novo processo em duas etapas melhorou ou piorou as filas e o tempo de espera para tirar o visto americano?
  • Se vale a pena ter uma carta convite de algum americano
  • Vale a pena dizer que tem parentes que moram la nos EUA?

Enfim na sua opinião o que acha que funciona e o que se deve evitar fazer para ter seu visto americano concedido e ajude outros visitantes a passar por esse momento delicado e sempre temerário.

Atenção : Todos as perguntas e respostas serão moderadas para evitar que o tema seja desviado ou deturpado. Nos reservamos o direito de excluir sem prévio aviso comentários desrespeitosos ou agressivos e sem ligação direta com o tema proposto no Tópico do Fórum.

Forte abraço,

Lilian

Editora do Mais Miami

Já possuia o visto , mas tanto ele como o passaporte haviam expirado em 2006,  então tive de começar o processo desde o inicio.

Agendei minha entrevista e de minha esposa no consulado no Rio de Janeiro uma vez que para minha cidade São Paulo, a espera era de 90 dias e ao passo que no Rio consegui para 3 dias após.

O primeiro passo é reunir toda a documentação possivel comprovando o seu vinculo com o Brasil, escritura de casas, extratos bancários, holerites, carteira de trabalho ou contrato social de empresa , documetos de carros, motos etc…

Não declarar mesmo que possua, o contato com amigos e /ou familia na América, a ideia é somente de turismo nunca de moradia .

E acredito que o fundamental também é se vestir e se portar de maneira digna, falar sem tropeços e sem titubear, demostrando segurança em seu ideal.

Apesasr de ter reunido tudo o tipo de documentação possivel, o entrevistador nem se deu ao trabalho de examinar nada, somente no bate papo aprovou nossos vistos .

espero que tenha lhe sido util …Boa sorte

Antes de tudo parabenizo o blog pelas excelentes matérias sobre Miami, cidade que amo demais!!!!

Meu visto também é bem antigo, e já tive que renová-lo algumas vezes… A primeira vez tirei em São Paulo, cidade onde nasci e morava na época. Foi muito tranquilo pois tirei anos antes dos atentados terroristas e estava bem tranquilo tira-lo.

Quando renovei, o fiz em Brasília onde moro a mais de 15 anos. Foi muito tranquilo também.

Tirei os vistos para meus filhos e esposo aqui também. Apesar da demora para atendimento no dia, por causa da quantidade de pessoas, foi muito tranquilo. Fomos atendidos conforme o programado, e todos saíram felizes.

Além de toda a documentação que o Lúcio citou acima, levei meu passaporte e visto antigos. Acho que ajudou muito o fato de eu já possuir visto e ter entrado e saído dos EUA várias vezes, para que liberassem o visto para o restante da família.

Quanto mais você puder comprovar vínculo com o Brasil, mais fácil será a liberação do seu visto americano. Portanto se você estuda, trabalha, tem filhos, imóveis, etc, leve para comprovação pois isso facilita muito. O que eles querem é ter certeza que vc irá passear e voltar. Evite falar que conhece, tem parentes, conhecidos morando ou fazendo cursos lá. Isso pode atrapalhar muito.

E por último, comporte-se como SEMPRE deveria comportar-se. Com educação, sem arrogância, com respeito, seguindo as regras previamente estabelecidas. Enfim, sabendo que vc tem direitos a partir do momento que cumpre os seus deveres. Coisa que americano aprecia muito!

Um grande abraço e boa sorte a todos!!!

 
Keymaster

Oi Lúcio e Ana Stela, bem legal o relato de vocês.

Ja tirei o visto americano duas vezes e na segunda vez enfrentei uma grande fila e foi bem demorado mesmo, mas o processo ainda não era realizado em duas etapas como esta sendo realizado hoje.

Entrevista para o visto

A entrevista foi bem tranquila, mas vi gente em guiches vizinhos sendo bem “espezinhado” e tendo o visto negado sem direito a retrucar.

Acho que tirar o visto americano depende além de uma série de fatores que mostrem que você não vai “migrar” ilegalmente, como emprego fixo, imóveis em seu nome, idade, entre outros, também de uma certa dose de sorte no que diz respeito a seu entrevistador. Vemos isso em diversos relatos nos posts do blog.

Enfim acho que cada caso é um caso e acredito que este fórum pode ser uma boa oportunidade de nossos visitantes contarem suas experiências e ajudarem outros com suas dúvidas sobre o processo de obtenção do visto americano de forma menos traumática possível.

Então Lúcio e Ana Stela, obrigado pelo relato de vocês.

Forte abraço,

Lilian

Olá…

Foi muito tranquilo tirar o visto americano. Acho que o segredo é vc não ficar nervoso na hora da entrevista. Vá com roupa confortável e “descente”, isto é, nada de roupas curtas e decotes, ok?!?

O atendente foi muito educado e simpático e perguntou pra nós (marido, filho e eu)

  • Para onde vão?
  • Qual era a função do meu marido na empresa onde ele trabalha.
  • Já viajaram para o exterior? (meu marido foi a Espanha a trabalho, então ele perguntou o que ele foi fazer lá)
  • Perguntou para o meu filho o que ele fazia?
  • Perguntou pra mim o que eu fazia?

Somente essas perguntas e desejou-nos uma boa viagem.

Vistos americanos negados, por que?

Vi várias pessoas que não conseguiram o visto. Duas delas eu consegui ouvir as perguntas e até acho (não tenho certeza) que atendente pensou que a pessoa iria ficar lá por isso negou o visto. Perguntou se ela tinha parentes no exterior (pra onde ela iria)  e a mulher começou a contar toda a história de vida dela pro atendente , dizendo que tinha uma filha que estava doente lá e que queria visitá-la e bla..bla… O atendente  pediu um monte de documentos pra ela e depois disse assim: Sinto muito não será possível lhe conceder  o visto.

Minha opinião: não fale muito. Responda sim ou não, respostas sempre objetivas e claras, não gagueje, não deixe transparecer nervosismo e leve todos os documentos necessários. Dica: deixe todos os documentos bem organizados e fácil de serem localizados, pois vi pessoas lá que ficavam revirando a pasta de documentos procurando o que lhes foi pedido. Para nós não pediram documentos, mas se pedissem não teria problemas em encontrá-los, pois os coloquei naquelas pastas com divisórias . Bem, acho que é isso.

Boa sorte a todos,

Val

 

Marquei a entrevista no dia 19/04/2013.

Para mim, pensava que teria a maior dificuldade em tirar o visto americano. Para terem uma idéia, eu nem tinha passaporte ainda. Então fiz todo o processo para conseguir meu passaporte e o de meu marido que já havia vencido em 2001. Depois li váaarios relatos sobre como retirar o visto e reuni toda a documentação necessária: Declaração de Imposto de Renda, comprovação de vínculo trabalhista, reservas de hotéis nos EUA… estávamos com uma pasta em mãos lotadas de informações.

Assim, com tudo pronto, marcamos nossa entrevista para Recife, pois moramos em Salvador. Para nossa surpresa, já havia a possibilidade de marcar a entrevista para o dia seguinte!

Visto com processo em duas etapas

Como hoje em dia o processo do visto é feito em duas etapas, no primeiro dia fomos ao CASV para tirar as fotos e as impressões digitais e foi tudo super rápido, não passamos mais de 30 minutos dentro prédio. No dia seguinte, acordamos cedo para a entrevista, uma dica que dou, não cheguem muito cedo, tentem chegar no horário marcado, se não esperarão muito do lado de fora, como no nosso dia, que estava chovendo, então quem chegou muito antes tomou muita chuva, pois não há nenhum abrigo para quem está na fila… O nosso horário estava marcado para às 07:45 e nós chegamos lá às 07:30, assim que chegamos, conferiram nossos documentos e já fomos entrando.

Para a entrevista foi tudo muito rápido, esperamos uns 30 min para entrar e ficamos na fila escutando as entrevistas ao nosso redor, confesso que ficamos apreensivos, pois o rapaz do lado que estava sendo entrevistado estava mostrando todos os documentos, comprovantes de trabalho, perguntaram até que matérias ele estava cursando no atual semestre da faculdade e no final seu visto foi negado. Porém, nós dois demos a sorte de ser entrevistados por uma americana muito gente boa, que nos fez perguntas básicas como: São casados? Onde vocês trabalham? Tem casa própria? Tem carro próprio? Pretendem ficar quanto tempo nos EUA? E pronto, só isso para dizer que nosso visto foi aprovado.

Muitas coisas facilitam a liberação do visto como: ter casa própria, carro, trabalho, empresa, já ter ido nos EUA. Nós tínhamos quase tudo isso, mas o que realmente nos ajudou foi a nossa entrevistadora, hehehe…. afinal, ela não pediu comprovação de nada, fez algumas perguntas e nos liberou, para nossa felicidade!!!  Recebemos nosso passaporte nesta ultima sexta-feira. E agora está tudo pronto para viajar!!!

Espero ter ajudado!

Um grande abraço!!

Josi

 
Keymaster

Legal os relatos da val e da Josi..

Para vocês foi super tranquilo.

Valeu por ter compartilhado conosco suas experiências.

Boa sorte ,  boa viagem e não esqueçam de voltar aqui depois da viagem para contar tudinho pra gente .. 🙂

Bom dia!!!

primeiramente parabéns belo blog.

Se eu tiver passagem de ida e volta e hotel comprados o que devo fazer para tirar o visto.

Pretendo ficar 5 dias.  nao sei falar quase nada em ingles.

pretendo ir para Miami dá pra ir sem ingles ?

 

Fui em Abril  no CASV em BH, super tranquilo e rápido, fiquei exatamente 10 minutos lá dentro, fui pela manhã, muito vazio mesmo.

Marquei para SP, muitas filas, mas lá dentro é rápido. Fui com a minha mãe,  e a pessoa que estava a nossa frente (um casal), ficaram explicando que eram médicos, gaguejando muuuito  etc., que tinham clínica… mas saíram de lá com cara de bravos e passaporte na mão.

Eu tentei não demonstrar nervosismo, perguntaram somente em que nós trabalhávamos, se tínhamos casa própria,  se já viajamos pra fora , onde iríamos ficar e por quanto tempo.

Era um rapaz novo, grosso, seco. Dei bom dia pra ele 3 vezes e ele nem respondeu. Que mais digitava do que nos olhava. Eu sempre respondia olhando nos olhos dele.

E também não respondia nada mais do ele perguntava.  Era tudo sim ou não. Enfiou um papel por debaixo do guichê falando que tinha sido aprovado. Chegou o passaporte com o visto americano em minha casa 10 dias depois com validade de 10 anos.

Acabei de tirar o visto americano aqui no RJ , processo iniciado pela internet (um pouquinho complicado + realizavel) e terminado com 1 ida ao CAVS e 1 ida ao consulado.Tempo total 20 dias. Não tive dificuldade alguma.

Boa noite!

so estou com uma duvida quando eu for para a entrevista para o visto EUA, ja tenho que estar com o hotel e as passagens reservados?

 

 
Keymaster

Aline, não é necessário estar com reservas não, nem passagens compradas.

O importante são os seus comprovantes de vínculos com o Brasil, como muito bem descrito acima pelos outros participantes.

 

Olá.Minha experiência de tirar o visto aqui no RJ não foi das mais demoradas, mas também não foi fácil.

Dia 30/04 fui ao CASV. A fila era grande, a espera foi de cerca de uma hora, e isso tudo apenas para tirar foto e digitais.

Depois, no dia 06/05, fui ao consulado para a entrevista. A fila era muito grande (dentro e até do lado de fora) Chovia muito! Conseguia ouvir as perguntas dos entrevistadores e fui me preparando para uma enxurrada de questionamentos, mas na minha vez só fez umas 5 ou 6 perguntas básicas e meu visto foi concedido. Creio que nesse sentido eu tenha dado sorte.

No dia 13/05 fui novamente ao CASV para buscar meu passaporte já com o visto. Fiquei por mais de uma hora em pé, só pra isso. Horrível. Há a possibilidade de entrega em casa, mas na minha casa não fica ninguém para receber. Sugiro que quem puder optar por receber em casa o faça, pois serão menos horas em pé.

As informações sobre como conseguir o visto no site também são bem complicadas.

Enfim,tirando as demoras em filas de espera, o processo até q foi rápido.

Primeiramente parabéns pelo site, as matérias são ótimas e os relatos são totalmente validos, pois dias antes de fazer a entrevista procurei bastante na internet relatos para me tranquilizar.

Fiz meu visto nos dias 13 e 14 de maio em São Paulo, a coleta de digitais é bem tranquila e rápida, caso consigam  é bom optar pela segunda-feira de manha, o movimento é menor de acordo com o relato do pessoal que trabalha pela volta do casv.

No segundo dia “a entrevista”, todo mundo está meio tenso, as filas são longas, porém essas filas são somente de determinados horários, os outros tem de esperar seu horário ser chamado. Entrando pelo portão há mais uma fila de “triagem” onde você deixa alguns papeis (DS, comprovante de viagem J1 que era o meu visto) e o passaporte, as filas são de acordo com seu tipo de visto. Entrando realmente no local há um amontoado de gente esperando seu nome ser chamado de acordo com a chegada dos passaportes, quando chamado, você vai para outra fila que essa já é a reta semi-final para o visto. De frente aos guichês  um atendente te avisa qual guichê você deve ir, ai sim é a reta final, lá você escuta a vida de todo mundo, casualmente ouvi a mulher ao lado e o menino da frente, o menino à minha frente estava aparentemente muito nervoso, dava para ver em sua expressão corporal, contou muito da vida dele e infelizmente teve seu visto negado. Já a mulher ao lado estava visualmente com pouca roupa, uma decote muito grande, com calças muito apertadas, não sei se foi por causa da roupa, mas coincidentemente mais 3 mulheres que eu vi com esse tipo de roupa estavam com o bendito papel de reprovação na mão, então o conselho é NÃO USEM ROUPAS VULGARES, senão a negação é o caminho mais do que certo.

Já na minha vez foi pedido a Ds, j1 e o passaporte, que é retido la na segunda fila de triagem e que eles entregam quando chamam seu nome dentro do local, ela perguntou o motivo da viagem, se sabia falar inglês e o tempo de permanecia nos USA, Pronto, seu visto foi aprovado, você recebera seus documentos em até 10 dias, boa viagem.

Dizem que São Paulo é um dos centros mais difíceis de se conseguir o visto, mas basta estar           tranquilo, com uma roupa “de domingo” não tão extravagante claro, porque perfeição também indica desespero, simplicidade + requinte + descrição.

Espero que ajude.

Tenho visto americano há mais de 4 anos e ainda não fuia aos EUA, mas a qualquer momento estarei por lá, e de preferencia em MIAMI.

Abraços a todos

Viewing 15 posts - 1 through 15 (of 59 total)
Reply To: Visto americano
Your information: